Uma Operação de Combate a Poluição Sonora iniciada na noite dessa terça-feira (06) pela Polícia Militar de Patos de Minas tem como alvo as motocicletas que possuem alteração no sistema de descarga. O ruído excessivo causado por esse tipo de veículo tem sido motivo de reclamação de moradores. Só neste noite, nove motociclistas foram autuados.

O ex-presidente do CONSEP, Fernando Diniz, é um dos críticos das motocicletas barulhentas. Ele reclama do incômodo causado pela descarga desses veículos no trânsito de Patos de Minas. Nos finais de semana e durante a madrugada, o incômodo para quem está dormindo é ainda pior. É baseada nessas queixas, que a Polícia Militar realiza a Operação.

“O objetivo é intensificar a fiscalização de motocicletas que possuem alteração no sistema de descarga sem a devida inspeção do DETRAN, bem como aquelas que, mesmo possuindo inspeção, o nível de ruído ultrapassa o limite legal estabelecido em decibéis e que é definido para determinadas áreas de Patos de Minas”, afirma a Polícia Militar.

Continua depois da publicidade

Somente na noite dessa terça-feira (06), nove condutores foram autuados por conduzirem motocicleta com descarga livre ou inoperante. Três condutores foram autuados por não possuírem habilitação, três condutores foram autuados por falta de licenciamento e uma pessoa foi autuada por dirigir veículo com habilitação de categoria diferente.

A maioria dos condutores autuados disse que ouviram ou visualizaram reportagens que noticiavam a intensificação das operações de combate a poluição sonora e mesmo assim continuaram cometendo a infração.

Segundo a Polícia Militar, as operações de combate à poluição sonora vão continuar na cidade e serão incrementadas com o uso de decibilímetros em locais estratégicos e sensíveis de Patos de Minas.

Fonte: Patos Hoje

Share.

Leave A Reply